Sem perder a proporção

Não caia nessa armadilha: desejos e necessidades do bebê são aspectos importantes da vida familiar, mas o mundo não gira em torno deles.

Gravidez

Comportamento

A chegada de um filho certamente exige adaptações no espaço e na rotina familiar e isso é mais do que compreensível.

Muda aqui, aperta ali, todos acabam fazendo concessões para proporcionar à criança condições adequadas para o desenvolvimento. Também é de se esperar que, nos primeiros meses, ele centralize as atenções. Sua autonomia, aliás, vai permanecer próxima do zero até ele completar um ano ou um pouco mais.

A partir daí, porém, é hora de reequilibrar o jogo e o bebê é que precisará fazer “concessões”. Basicamente, ele terá que entender que: não dá para brincar o dia todo, os objetos da casa não são de seu uso exclusivo, nem todos os seus desejos precisam ser atendidos imediatamente e assim por diante.

Mudar horários, hábitos e até o cardápio da família para não frustrar as vontades da criança cria uma situação que os especialistas chamam de infantolatria, na qual tudo gira em torno do ritmo, das necessidades e dos caprichos do bebê. O resultado é um “reizinho mimado”, uma criança incapaz de tolerar frustrações, insegura e com dificuldades de socialização.  

O ponto de equilíbrio não está no oito nem no oitenta. Seguir a rotina da família (e aprender as regras e limites da vida em sociedade) não representa trauma algum. E não se trata de ignorar que a criança pequena exige, sim, alguma atenção especial. O importante é respeitar as necessidades do bebê sem sacrificar a rotina da família.

Artigos Relacionados

Eu, eu, eu!

Todo bebê acha que o mundo é um lugar que existe para satisfazer seus desejos. É normal – mas cabe ao mundo mostrar que não é bem por aí.

Um mundo inteiro para explorar

Engatinhar é uma descoberta poderosa para seu bebê, que, pela primeira vez, pode se mover por conta própria.

Olhos e ouvidos abertos

Estimular a visão e a audição significa, na prática, desenvolver a inteligência com recursos criativos e divertidos