Retorno garantido

O tipo de estímulo que a criança recebe nos primeiros anos ajuda a criar um padrão de desenvolvimento para a vida toda.

13 a 18 meses

Desenvolvimento

A capacidade de aprendizagem, no futuro, é maior quando o bebê tem respeitados o seu jeito de aprender e o seu temperamento.

Um passo por vez.  É sempre assim: passado o primeiro impacto da notícia da gravidez, a imaginação começa a voar com projetos e expectativas. É o pai que não vê a hora de colocar o filho na escolinha de futebol do seu time, a mãe que mal pode esperar para produzir o álbum com as fotos da filha...  Todo cuidado é pouco para que tanta ansiedade não atropele o aprendizado. Cada fase do desesenvolvimento tem um papel importante, e apressar ou queimar etapas é receita para problemas futuros, emocionais e de aprendizagem.  

Há diversas maneiras de aprender.  Assim como algumas pessoas são enérgicas e falantes e outras preferem trabalhar em silêncio, também os bebês têm suas características pessoais de aprendizado. Diante de uma mesma brincadeira, por exemplo, um bebê vai logo tentando e aprendendo enquanto faz, mas outro pode preferir apenas observar e analisar como funciona, antes de se aventurar. Nenhum deles está “errado” – são apenas caminhos diferentes para chegar a um mesmo lugar.

Artigos Relacionados

O estímulo que conta

Vira e mexe, a dúvida: será que a creche – ou escolinha – está estimulando bem o desenvolvimento do bebê e proporcionando uma boa formação?

A arte do desapego

Chega uma hora em que você precisa retomar as atividades e seu bebê tem que ganhar autonomia para se sentir bem e seguro com outras pessoas

Brincar auxilia no desenvolvimento infantil

Você sabia que é brincando que a criança desenvolve sua criatividade, vivencia sensações e aprende muito mais do que os adultos podem imaginar?